Fetiches e fantasias eróticas,

para aproveitar todo o prazer que o sexo oferece.

Fetiches eróticos: perversão ou diversão?

O fetichismo, a fixação com fetiches eróticos, é um comportamento sexual desviante, caracterizado pela transferência de desejo e fantasias eróticas do comum objetivo sexual (a pessoa na sua totalidade e plenitude de vida) para uma parte específica do corpo feminino, para uma roupa ou para um substituto, geralmente sem sentido erótico, mas cuja presença é preferida ou até mesmo essencial, para conseguir a excitação sexual.

Palavra de origem Portuguêsa (derivada do latim factítius: fabricado, artificial, fictício), a expressão fetichismo foi usada inicialmente, no século XVIII por traficantes de escravos portugueses para designar o costume, típico das religiões animistas africanas, de atribuir qualidades sobrenaturais a objetos inanimados, definidos precisamente fetiches, que assim se tornavam o objeto de veneração e deificação.

Leia mais

Fetichismo e sites de encontros

Ter uma paixão por uma parte do corpo, sejam os pés, a bunda ou o peito, ou para um objeto ou uma fantasia erótica especial não é um pecado, nem deve ser considerada uma perversão, quando atuada com o consentimento mútuo dos participantes dentro dos limites de um relacionamento sexual saudável e com o objetivo do prazer recíproco.

Fetiches e sexo

É por isso que cada vez mais frequentemente, com a expansão da internet, os amantes de um determinado tipo de fetichismo, estão recorrendo a sites de anúncios ou portais especializados em facilitar encontros para fins sexuais, ou como sexocasual.net.br ou encontros-casuais.com, dois dos sites de encontros mais populares do Brasil.

Leia mais